Monday, March 20, 2006

Sound Factory - Sound Factory (1970)




DOWNLOAD!


Faixas:
01. Restless Time
02. Crossroads
03. Can't Find my Way Home
04. I'm Yours and I'm Hers
05. Whithering Tree
06. Sanghai Noodle Factory
07. Wasted Union Blues
08. Lather
09. Let's go
10. Midnight Inspiration



Em 13 de abril de 1970, o Sound Factory entrou no estúdio da Castelinho, no centro da cidade, para iniciar as gravações do que viria a ser o primeiro e único LP da banda. A banda era formada por Antônio Ricardo Canízio Sampaio, no baixo, Izidro Martins Neto, no órgão, Trajano Luis Lemos Junior, na bateria, e o norte-americano Kevin Valentine Peter Brennan na guitarra. Entre os 10 temas gravados, dois são de autoria de Kevin (Restless Time e Let's Go), um de Ricardo (Midnight Inspiration) e os demais covers do Traffic (Withering Tree e Shangai Noodle Factory), Blind Faith (Can't Find My Way Home), Johnny Winter (I'm Yours And I'm Hers), It's A Beautiful Day (Wasted Union Blues), Jefferson Airplane (Lather) e Robert Johnson (Crossroads).

Produzido por Raimundo Bittencourt, com fotos de capa e contra-capa de Gilson Sérgio Cruz, o disco, que tem o nome do conjunto como título, só viria a ser lançado em agosto. Com tiragem reduzida de 300 unidades o LP acabou se transformando numa das maiores raridades do rock brasileiro, sendo também objeto de cobiça de colecionadores do mundo inteiro.

Restless Time é a primeira faixa do disco. O início climático, à base de órgão, baixo, dulcimer e de um aproveitamento sutil do prato antecede a entrada do vocal e de instrumentos de percussão, como o triângulo e o reco-reco. Kevin se encarrega do dulcimer e do vocal principal, acompanhado por gritos de Trajano. As intervenções de Trajano às vezes se sobrepõem a voz de Kevin, o que não agradou ao guitarrista na época. Mas, segundo Trajano, a idéia era trazer um pouco de agressividade como contraponto a suavidade do dulcimer e do órgão.

Em Crossroads, quem assume o vocal é Ricardo, com baixo, órgão, bateria e a guitarra de Kevin incendiando a música. A bonita canção de Steve Winwood, Can't Find My Way Home, que Gilberto Gil também gravaria no ano seguinte, segue o arranjo criado originalmente pelo Blind Faith. O vocal é de Trajano, os violões, gravados em overdub, de Kevin, o ganzá, de Ricardo e o discreto órgão, de Izidro.

A banda volta a sua formação tradicional de guitarra, baixo, órgão e bateria para executar I'm Yours and I'm Hers. O vocal é de Ricardo mas o brilho fica por conta da guitarra distorcida de Kevin. Emprestadas do repertório do Traffic são as duas canções seguintes: Withering Tree e Shangai Noodle Factory . Ambas cantadas por Trajano. Na primeira, Kevin, Ricardo e Izidro compartilham o vocal no final da canção, cuja melodia é guiada pelo doce e suave piano de Izidro. Na segunda, os floreios do baixo, as boas intervenções do órgão e da guitarra e o falsete explorado por Trajano, garantem um dos melhores arranjos do disco, talvez, por isso, embalado numa mixagem bem equilibrada que nem sempre transparece no disco.

Wasted Union Blues, do It's A Beautiful Day, e Lather, do Jefferson Airplane, são os dois últimos covers do LP, com Ricardo assumindo os vocais novamente. Pra quem gosta de guitarra, é bom reparar no ótimo trabalho de Kevin nos dois números. Mas sua voz, em falsete, deixa um pouco a desejar em Let's Go. Na verdade, esse tema de sua autoria, o mais curto do disco, serve para Kevin exibir um pouco de sua técnica, amparada, com competência, pelo baixo de Ricardo.

Finalmente, fechando o disco, o número instrumental Midnight Inspiration. Aqui, Ricardo se apropria do piano, usando suas teclas por quatro minutos e seis segundos para explorar essa serena, envolvente e bonita melodia, com acompanhamento discretíssimo do órgão. Esse tema gerou enorme satisfação para Ricardo e demais integrantes da banda, ao ser incluido na programação da rádio Eldorado, especialmente no programa Um Piano Ao Cair da Tarde. Trajano lembra vivamente de ouvir o locutor anunciar... "Agora, com o Sound Factory, Midnight Inspiration, de Antônio Ricardo Sampaio". Quanto aos rocks, porém, nenhuma rádio se interessou em tocá-los.
Adaptado de texto de Nelio Rodrigues, publicado no site Senhor F.

Fazer o download de Sound Factory - Sound Factory (1970).

8 comments:

Anonymous said...

O Geração Bendita sumiu pq? Abraços

fperacoli said...

Bom, o pessoal do blogger tinha bloqueado meu blog e eu não conseguia mais publicar. Mas agora está tudo ok. O Geração está de volta...

Knut said...

Wow, this is pretty good. Very psychedelic indeed, love that fuzzed out guitar.

THanks for sharing and keep up the good work! Great blog you`ve got going here. :)

Knut said...

Wow, this is pretty good. Very psychedelic indeed, love that fuzzed out guitar.

THanks for sharing and keep up the good work! Great blog you`ve got going here. :)

Ricardo said...

Excelente!

Antonio said...

Estou ansioso para ouvir, porém o link não está funcionando.

fperacoli said...

Antonio.

A link está funcionando sim. Acabei de testar.

CARLMARX said...

O tempo nao consegue apagar nem podemos deixar esquecer. Carlos