Monday, March 13, 2006

Damião Experiença - Planeta Lamma (1974)




DOWNLOAD!


Faixas:
01. 1308 Registrou gravou rose Olíria Experiença
02. Que dor eu sinto
03. A vida é sempre assim
04. Linguagem do povo do infinito ao universo de rose 1999
05. Loucura total 1999 a Damião Experiença
06. Amente astrologica 1999
07. Planeta lamma
08. Minha dor
09. Som planeta lamma
10. Planeta bicho
11. Mundo no espaço
12. Meu passado ? meu presente
13. Linguagem do planeta lamma música do planeta lamma



Segundo Damião Experiença, o Planeta Lamma é o destino final de todo ser humano. Ele fica a sete palmos debaixo do chão e lá "não tem fulano, não tem sicrano", "pode ser barão, pode ser ladrão". Marco inaugural da discografia de Damião, o álbum Planeta Lamma, gravado de forma precária, apenas com um violão de uma corda, uma gaita presa ao pescoço e uma espécie de chocalho amarrado ao violão, é uma perfeita introdução ao universo Damiônico. Nele, Damião desfila suas composições nada convencionais, cantadas no dialeto lammês, o idioma do Planeta Lamma. Como todos os seus discos posteriores, Planeta Lamma foi gravado, arranjado, prensado, embalado e vendido pelo próprio Damião, que ainda era o responsável pelo layout da capa.

São 34 discos, ao longo de 18 anos de carreira. Suas músicas vão de berros e grunhidos primais a um total caos sonoro, passando por composições acústicas (cantadas em lammês ou português), rocks progressivos com um alto teor de improvisação e músicas instrumentais ao estilo Frank Zappa. Como traço marcante, uma criatividade única, misto de primitivismo e elaboração formal. Uma comparação com Captain Beefheart logo vem a mente.

Suas letras são um caso a parte. Versando sobre assuntos como ditadura, comunismo, violência policial, fome, prostituição, virgindade e casamento, elas muitas vezes parecem desafiar a lógica. Em seus discos podem ser encontradas pérolas como "se você não casar com mulher virgem, já é corno, já comeram tua mulher", "vou para Havana plantar cana, encontrar uma moça cubana - o russo é o maior cérebro do mundo", ou ainda "mamãe não quer que eu seja homem não; porque homem usa chifre na cabeça".

Muito de mistério cerca a sua obra. O número exato de discos gravados por ele é apenas um chute; nem mesmo Damião se lembra quantos são. Ele faz mistério também sobre os músicos que o acompanharam. Segundo Damião, a maioria deles são famosos e vivem aparecendo na TV e na mídia de um modo geral.

Após gravar seu último disco, em 1992, Damião impõe a si mesmo uma vida de reclusão. Perambula pelas ruas de Ipanema, cata lixo e sucata, vende ou simplesmente distribui os discos que lhe restaram. Com freqüência é confundido com um mendigo. Esporadicamente escreve uma música ou grava alguma coisa acústica, apenas com seu violão.

A partir do ano de 2001, com a popularização da Internet e dos programas de compartilhamento de músicas, ocorre um pequeno resgate da obra de Damião. Um grupo de admiradores e colecionadores do seu trabalho se reúne e lança um portal dedicado a ele (www.damiaoexperienca.net). Hoje, muitas de suas músicas podem ser encontradas, no formato digital, na web. Seus discos são valorizados em sebos e feirinhas de LPs usados. Surgem algumas bandas manifestamente influenciadas por Damião: Supersimetria, Rogério Skylab, Pexbaa, Sujeito Maldito, Zé Urbano e Zumbi do Mato são apenas algumas delas.

Na onda desse "resgate", Damião retoma a idéia de voltar a gravar ou pelo menos relançar uma parte de sua obra em CD. Porém, como conta com poucos recursos financeiros, não possui mais uma banda fixa e sua música não tem o menor apelo comercial, esse retorno por enquanto é apenas um sonho.

Para mais downloads e informações, consulte o portal www.damiaoexperienca.net.

Fazer o download de Damião Experiença - Planeta Lamma (1974).

16 comments:

Mauro de Araújo said...

daminhão experiença..

gênio..

Lisa Sinder said...

unusual! thank you ;)

Lixo said...

hahahahahhhhahahahahaa fala sério isso é inaudível

Greggy D said...

Nossa, é muito louco! I like it!

punkass said...

Muito louco indeed. I still don't know if I like it or not. In any case it's interesting...

Anonymous said...

O som do Damião é exótico, poucos vão conseguir ouvir e uma quantidade muito menor vai gostar. Infelizmente ou felizmente não me incluo nesta minoria.

Fabio said...

Demais, muito rock'n'roll. Imprescindível, gênio!

zeca, o cafona said...

no mínimo, diferente.
Mas não gostei. Se a intenção do cara foi atordoar os ouvidos, parabéns por ter conseguido.

Anonymous said...

Em 2000, Daminhão ainda era um ilustre desconhecido aqui na Bahia (pelo menos entre meus conhecidos), até que um amigo meu resolveu fuçar a coleção de vinis de um brother dele. Aparentemente ele encontrou precisamente esse disco que está aqui. Vou transcrever o relato dele:

Velho, aí eu fui na casa daquele cara e, revirando uma porrada de disco velho, achei um de um sujeito chamado DAMINHÃO ESPERIÊNÇA . É, isso mesmo, com ene-agá e cê cedilha. Na capa, tinha a foto dum rasta vestido com uma roupa louquíssima e com um violão de TRÊS cordas, repleto de fotos de MULHER PELADA.

Foi o primeiro susto.

Virei a capa e vi nomes de música como "Planeta bicho", "Linguagem do povo do infinito ao universo sei-lá-o-que", etc.

Foi o segundo susto.

Pus o disco pra tocar. Bléim, bléim, blém (som de Daminhão tocando suas 3 cordas), "Aaaaio cadêssiaou aaaaai ohahaiáa blosblosbluôu...." -- O cara CRIOU uma língua!

Foi o terceiro susto. Eu tinha que pegar aquele vinil pra mim!

Leo Campos said...

O Daminhao é ducaralho!!! Figuraça!!!

Ele mereçe que alguém o ajude a gravar mais discos pra gente!

Ele é meu amigo no orkut, taí o link dele:

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=2664283188507929262

Alessandro said...

HAHAHAHAHAHAAHAHAA
que cara maluco

Anonymous said...

a faixa n.02 deste disco, "que dor eu sinto", é a menos ruim de todas as musicas do damião. mas para gravar algo do tipo, é preciso mais cara de pau que talento. vale pela intenção e força de vontade do cara.

Anonymous said...

realmente ele veio do planeta lamma, de onde foi expulso por cantava e tocava muito mal!!!

Marcelo said...

Se voce esta pensando em se matar, depressao, sindrome do panico ou qualquer outra doença do genero, achei um otimo antidoto! Ouça uma musica do Damiao Experiença ao amanhecer e estara totalmente curado! Genio total.

Mateus Potumati said...

como em todo lugar, aqui tá cheio de babaca que não entende nada de música nem de arte e é incapaz de ouvir algo um milímetro fora da sua zoninha de conforto.

hoje, um dia depois da morte de outro gênio, captain beefheart, saber que o damião ainda está vivo é um consolo. ainda há tempo de o brasil reconhecer e homenagear um de seus maiores vanguardistas musicais e colocá-lo em um lugar de respeito parecido com o que os americanos fizeram com beefheart.

Anonymous said...

EU CONHEÇO O DAMINHÃO HÁ ALGUNS ANOS, DA ÉPOCA EM QUE MOREI NO RIO DE JANEIRO.
SEMPRE TIVEMOS CONVERSAS MUITO LEGAIS, A ÚLTIMA VEZ QUE O ENCONTREI ELE ESTAVA QUASE CEGO, COITADO...

FIQUEI FELIZ DE VER QUE TEM UM DISCO DELE NA WEB!