Sunday, October 26, 2008

De Kalafe - Singles




DOWNLOAD!





De Kalafe e a Turma
Faixas:
01. Guerra
02. Mundo Quadrado


De Kalafe e Sua Turma
Faixas:
01. Bang Bang (My Baby Shot me Down)
02. This Boy



Um dos mais raros compactos do rock brasileiro é o que traz as músicas "Guerra" e Mundo Quadrado". O compacto saiu pela gravadora Rozemblit, responsável por um grande número de lançamentos alternativos da época.

"Guerra" foi um hit local em São Paulo, na segunda metade dos anos sessenta. As duas músicas integravam o compacto simples da cantora De Kalafe, de origem árabe. De Kalafe cantava acompanhada do grupo A Turma, que tinha entre seus integrantes Arnaldo Sacomani, depois produtor e radialista.

Com apenas dois compactos gravados, o grupo desfez-se no final da década, com De Kalafe seguindo carreira solo. No segundo compacto, De Kalafe gravou o cover para "Bang Bang", um original da cantora Cher.

Texto de Fernando Rosa, publicado originalmente na revista virtual Senhor F.


Denise Kalafe é conhecida no meio artístico como "D. Kalafe".Nascida em Ponta Grossa, Paraná, Denise fez sucesso com "Mundo Quadrado" e "Bang-Bang" e não gosta de usar sapatos. Anda descalça.

Também é conhecida pelo seu espírito de independência e protesto.

Desde que começou a mostrar suas primeiras composições, em shows e programas de tv, em São Paulo, na segunda metade dos anos 60, num movimento meio hippie, na base do "flor-amor", em que se apresentava com longas batas brancas, descalça, interpretando canções antimilitaristas (em plena escalada da guerra do Vietnã).

Ela é própria Zapata reencarnada em Guadalajara. Ela vive no mexico desde que perdeu um festival da canção, no final dos 60. Ela sempre foi super comunista. No México ela é Denise Kalafe e já foi estrelona. No Brasil era Dê Kalafe e quando ela decidiu cantar descalça o povo odiou.

A primeira descalça brasileira aceita pela sociedade mainstream foi a Aparecida.

Denise De Kalafe, paranaense de Ponta Grossa, há 12 anos residindo na Cidade do México, continua entre as superstars da canção latino-americana, enquanto no Brasil permanece esquecida - sem um único disco aqui editado.

No último dia 23, a United Press International distribuiu a listagem dos discos mais populares da América Latina, em várias Capitais, com a paranaense De Kalafe em destaque. Em Bogotá, "Quiero Gritar", uma das mais recentes composições de De Kalafe, está em primeiro lugar.

Em La Paz, é "Armando-te", outra de suas músicas, que figura em terceiro lugar, abaixo de "Esperame" (Rocio Jurado) e "Chiquilla" (Manolo Otero). Em Los Angeles, apesar de toda concorrência, Denise também se classificou bem: "Amando-te" está em sexto lugar, logo abaixo de "Felicidades", que reúne Júlio Iglesis e Pedro Vargas.

Texto de Aramis Millarchi, publicado originalmente no jornal O Estado do Paraná em 04/09/1985.


Fazer o download de De Kalafe - Singles.

Assista uma participação de De Kalafe e a Turma, interpretando a música In Sha La, no filme "Bebel, a Garota Propaganda", de 1967.

10 comments:

esmenard.victor said...

Merci beaucoup pour ces deux singles, bien de leur époque. Moi je ne m'en lasse pas :)

ZubZub said...

Wow, great! Thanks!

check out full album here:

http://magicofjuju.blogspot.com/2006/12/i-have-wounded-guitar.html

Anonymous said...

Tenho o compacto faça amor não guerra/frases brancas da De Kalafe, se tivesse equipamenteo pra digitalizar te passava pra botar no blog também, excelente post.

Paulo said...

Olá, apenas uma correção, existem estes também:

De Kalafe [1967 Fermata]
Lado A - Cantiga de Jesuino
Lado B - Canção do Meu Pranto

De Kalafe [1968 Rozemblit]
Lado A - Faça Amor e Não Guerra
Lado B - Frases Brancas

Abraço e parabens pelo blog

Anonymous said...

tem também um pela fermata 1969 canção latina/o meu melhor cantar consegui agora.

talvez existam mais.

Alex B said...

Uma das maiores e mais insólitas pérolas que esse blog revelou ao mundo. O compacto em português é bem interessante, hippie até o osso, agora, sejamos honestos, o compacto em inglês também é bpm, mas a pronúncia da moça do idioma de Albion é de lascar...

Anonymous said...

Como me lembro da De Kalafe... não foi por motivo político que ela saiu do Brasil? Lembro-me dela cantando músicas de protesto... de repente, ela sumiu... lolizei-a no México cantando músicas românticas, totalmente distanciada do gênero que a marcou no Brasil. --Lisa

Giselle said...

I've been looking for that for ages! Thank you!

Anonymous said...

Nasci em 1979 e, meu pai viu no cinema a performace dessa artista e se encantou com o nome e me batizou por Alice Dekalafe(junto o dela é separado)quando criança sofrir muito por causa desse nome.Ainda hoje as pessoas estrão muito.Adorei o glob me fez conher a origem do meu nome.Fiquei feliz por saber que ela protestou contra a guerra.

Anonymous said...

Nasci em 1979 e, meu pai viu no cinema a performace dessa artista e se encantou com o nome e me batizou por Alice Dekalafe(junto o dela é separado)quando criança sofrir muito por causa desse nome.Ainda hoje as pessoas estrão muito.Adorei o glob me fez conher a origem do meu nome.Fiquei feliz por saber que ela protestou contra a guerra.