Tuesday, December 04, 2007

O Terço - O Terço (1970)




DOWNLOAD!


Faixas:
01. Nã
02. Plaxe voador
03. Yes, I do
04. Longe sem direção
05. Flauta
06. I need you
07. Antes de você... eu
08. Imagem
09. Meia-noite
10. Saturday dream
11. Velhas histórias
12. Oh! Suzana



O Terço foi (é), sem dúvidas nenhuma, uma das maiores bandas brasileiras de todos os tempos. A banda formou-se em 1969 com estes integrantes: Sérgio Hinds ( guitarra e vocal ), César de Mercês (baixo ) e Vinícius Cantuária ( bateria ). O primeiro disco foi lançado em 1970, com Jorge Amiden no lugar de César. O álbum era basicamente rock and roll dos anos 60, mas já com influência do rock progressivo.

Em 1973 lançam o álbum Terço, que consolidou o estilo do grupo. Firmando-se como a grande banda do estilo no país. Porém, foi em 1975 que eles lançaram o melhor disco de rock progressivo brasileiro: Criaturas da noite. Na época O Terço contava com sua melhor formação: Sério Hinds, Moreno ( bateria ), Magrão ( baixo ) e Flávio Venturini ( teclados, viola e vocal ). O álbum vendeu mais de meio milhão de cópias e foi o de maior sucesso da carreira do grupo. "1974", tirada de "Criaturas da noite" pode ser considerada a maior música progressiva nacional e já foi até adaptada para uma peça de teatro nos EUA. Em 1976 é lançado mais um bom álbum com esta mesma formação: "Casa encantada". Desta vez o grupo investiu mais em uma mistura de elementos brasileiros com o rock.

Após o disco de 76, Venturini deixa a banda para formar o 14 Bis. Com Magrão, Sérgio Hinds, Cezar de Mercês, Sérgio Caffa e Moreno, lançam em 1978 o disco 78 "Mudança de tempo".

Uma outra formação, com Sérgio Hinds, Zé Portugal (baixo), Franklin Paolillo (bateria) e Ruriá Duprat (teclados) lançaria apenas em 1983 o "Som Mais Puro".

Ficam então um bom tempo sem lançar nada até assinarem contrato com a gravadora Record Runner, lançando o cd "Time Travellers", em 1993. O álbum é muito bom, com o grupo voltando às suas raízes. A formação era a seguinte: Sérgio Hinds (vocal, guitarra), Luíz de Bomi (teclados), Andrei Ivanovic (baixo) e Franklin Paollilo (bateria). No ano seguinte lançam um cd gravado ao vivo com orquestra sinfônica.

Em 1996 O Terço lançou um CD intitulado "compositores" pela gravadora Velas. A formação era basicamente a mesma do álbum anterior e o disco foi composto por clássicos da música popular brasileira como "Sangue Latino" dos Secos e Molhados.

O último álbum de estúdio e com canções inéditas do Terço chama-se "Spiral Words" e foi lançado em 1998. O som é progressivo com pitadas de pop/rock; o CD inclui ainda duas releituras: "1974" e "Crucis" ( de "Time travellers" ). A formação é a seguinte: Sérgio Hinds ( guitarra e back vocal ), Edu Araújo (guitarra e vocal ), Max Robert ( baixo ), Beto Côrrea ( teclados ) e Daniel Baeder ( bateria ).

Em 1999, André Gonzales assume o posto de Daniel Baeder na bateria e a banda lança o disco "Tributo a Raul Seixas", uma homenagem aos dez anos de morte do grande roqueiro. O CD está indo muito bem e já é o título mais vendido da sua gravadora ( Movieplay ). Recentemente, Edu Araújo deixou a banda e em seu lugar foi recrutado Igor de Bruyn, que também integra o quarteto de cordas Kroma.

Texto de Gustavo Ávila, originalmente publicado no site Whiplash

Fazer o download de O Terço - O Terço (1970).

14 comments:

haus said...

Meu amigo ,tudo isto ai é muito bom mesmo.Vou visitar teu blog frequentemente a procura de novidades.Parabéns. haus Meu filho tem um blog p/ crianças que é um barato.E nós através dele nos divertimos muito. Qq dia de uma olhad. planetrics.blogspot.com

Josiel said...

Grande post, bicho.

Da mais alta qualidade.

abraço.

Anonymous said...

Sem querer ser chato, mas em respeito ao teu ótimo blog, vale esclarecer que O Terço foi formado pelo trio que aparece na capa do sico que você blogou, o segundo LP da carreira deles:Jorge Amidem (um grande talento que pirou), Sergio Hinds e Vinicius cantuaria), abraços, Fábio

Lucas said...

Um detalhe: há uma explícita semelhança entre o final de "Antes de você...eu" e a música "Pasta Dental Sabor Chicletes" da banda Os Lobos, que lançou seu disco em 1971 (ou 72, acho). Ambas aparecem na forma de vinheta. Seria algum tema de jazz ou uma banda fez releitura de outra?

Lucas said...

PS: Alguém sabe da existência do disco "Luli, Lucinha e O Bando"?

Anonymous said...

Agora sim...tremendo malandro!

fperacoli said...

Lucas,

No site da Luli, a informação é que alas lançaram em 1972 um compacto duplo, chamado "Flor Lilás", com O Bando. Infelizmente não tenho esse disco.

Para maiores informações, dê uma olhada em

http://www.luhli.mpbnet.com.br/discografia/index.html

Alex B said...

Uma típica estréia: cheia de frescor e imatura. Mas um vício do Terço que o acompanhou anos 70 afora já está presente: confundir progressivo a la Brasil com rasgos de um regionalismo lasso, frouxo. O disco é uma salada do rock dos 60´s, bem agradável.

Gustavo said...

Eu sei que vão surgir uma série de críticas e picuinhas com relação ao meu comentário, do tipo "então faz melhor", mas eu NUNCA li um texto bom no Whiplash. Nunca. Talvez por isso tenha tanta informação batendo cabeça aqui nos comentários.

Anonymous said...

Thank you from USA!

leonardo said...

acho que este link está quebrado, por favor, re-up

valeu!!!!

Nick said...

Eu amo o Karma e estava esperando O Terco seria semelhante. Por favor repost!

León said...

Seu site é essencial!!!

Infelizmente não consigo baixar esse disco, parece que foi deletado... foi?

fperacoli said...

Link corrigido