Tuesday, November 28, 2006

Walter Franco - Ou Não (1973)




DOWNLOAD!


Faixas:
01. Mixturação
02. Água e Sal
03. No Fundo do Poço
04. Pátio dos Loucos
06. Flexa
07. Me Deixe Mudo
08. Xaxados e Perdidos
09. Doido de Fazê Dó
10. Vão de Boca
11. Cabeça


Quando Walter Franco apareceu, de "Cabeça" na música popular brasileira, quase não tinha antecedentes. Nem os protagonistas da Tropicália tinham ido tão longe. Era música concreta "in concreto". Foi no Festival da Globo de 1972. E sua bravura mobilizou a intervenção de gente como Décio Pignatari, Rogério Duprat e Julio Medaglia, integrantes do júri que foi destituído pela direção -- porque ousou indicar o nome de Walter como vencedor do Festival. "Cabeça" e "Me Deixe Mudo" -- a explosão da letra em estilhaços de poesia e a sua implosão nos ecos do silêncio -- composições que, como eu disse em meu "Balanço", racharam a cabeça da música popular, estão no primeiro LP de Walter o disco branco "Ou Não", gravado em fins de 1972 e editado no ano seguinte. De bate-pronto, Caetano respondia com "Araçá Azul",a sua aventura radical, e essa foi talvez a mais bela conversa de guerrilhas jamais travada no âmbito da nossa música popular de invenção bombas cruzadas de bahia e sampa, poema e
samba. "Revolver" continuou a antitradição de "Ou Não" com as explosões/implosões dos seus mantras, do primal "feito gente" ao quase mudo "e(ter)na(mente)". Walter seguiu adiante com "Vela Aberta". Mas, minado pela mediocridade da mídia, seu caminhar se fez mais secreto. Seus novos riscos quase não foram vistos pelo público. Um dia ele escreveu o poema certo: "o ab(surdo) não h(ouve)". Oucám Walter Franco.

Texto de Augusto de Campos, escrito em 2000.

Fazer o download de Walter Franco - Ou Não (1973).

35 comments:

michel. said...

acabei de ler sobre esse álbum num livro do sílvio essinger!
feliz coincidencia...
obrigado.

Renato Menezes said...

Esse disco é genial, o Walter tem um som que provoca, e nos fazer rever muito nossos conceitos sobre a arte!

Anonymous said...

Cara, voce num tem ai o Phono73 naum?poderia postar pra galera...

Abraços

Cristhiano (A Estação da Luz) Olhe no Youtube said...

Cara, esses discos são muito bons!!!

Vc tem que postar tbm Som Nosso de Cada Dia.

Abraços e obrigado por essas pérolas!!!

maicon said...

CADA UM TEM O SYD BARRET QUE MERECE!!!!!!!!

VIVA O WALTER FRANCO!!!!

Anonymous said...

ESTE LP FOI A MAIOR "JACA" FEITA NO BRASIL... E DEPOIS DE +30 ANOS APARECE UM BANDO DE BABACA CONSIDERANDO O DISCO UMA PEROLA E MAIS UM CRETINO FAZENDO COMPARAÇÃO COM O SYD BARRET, ENTÃO PORQUE ESTE DISCO FOI O MAIOR FRACASSO DA CONTINENTAL QUE NA ÉPOCA ERA UMA DAS MAIORES GRAVADORAS DO BRASIL??

Antonio said...

Gosto muito da obra de Walter Franco. Ele tem um trabalho original dentro da MPB. Obrigado por partilhar conosco esses tesouros. Abraços

patrick loucura said...

grande disco valeu!!!! generosidade é o que não falta parabens

Renato Menezes said...

"Anônimo",
Número de vendas nunca, JAMAIS, foi sinônimo de qualidade. Esse disco é incrível porquê é um disco de coragem, de subversão da música brasileira, com poesia concreta que através de poucas palavras dizem muita coisa. Requer sensibilidade artística, mente aberta e espinha ereta para se curtir Walter Franco. Babaca é você, que no seu anonimato fica acomodado criticando o que não cabe na sua mente pequena.

Abraço.

Anonymous said...

Renato Menezes

No Brasil e em qualquer outro lugar do planeta sempre foi e sempre será a seguinte regra : é Bom vende é ruim encalha e atualmente nem lançado é.
Mente pequena é sua que provavelmente deva ser de mais um metido a esperto que através da internet (gratuitamente)conheceu algumas bandas do passado e depois disto se auto-intula como colecionador, historiador etc, etc...
Finalizando o disco é uma merda e sempre será!

Obs.: em milhões de blogs provavelmente você é o unico babaca que registrou a verdadeira identidade e talves com RG,CPF, Titulo De Eleitor, PIS
Amigo Blog não é crediario das Casas Bahia!!

fperacoli said...

Com certeza! O que é bom vende que nem água. As duplas sertanejas, o funk carioca e o Tchan esão aí para provar...

Em tempo: Independente de compartilhar as opiniões de X ou Y, posts que contiverem qualquer tipo de termo ofensivo serão sumariamente DELETADOS

fperacoli said...

Fico feliz que meu blog desagrade tanto a quem vende CDR por aí!

Rogério Silvestroni said...

ANÔNIMO, o que cê tá fazendo aqui? Vai ouvir Alexandre Pires, rapá!!

Aproveitando, parabéns pelo Blog, Fperacoli, sou fã desde o início!

Anonymous said...

Aconteceu uma coisa muito curiosa ontem, quando ouvi esse disco pela primeira vez (tinha acabado de fazer o download). No final de uma música, o cara fala "19 de dezembro de 72". Acontece que ontem era 19 de dezembro de 2006. Achei isso esquisito. E o disco é esquisitaço. Só pra registrar a sincronia... Parece coisa de tomador de ácido... :)

Anonymous said...

Aconteceu uma coisa muito curiosa ontem, quando ouvi esse disco pela primeira vez (tinha acabado de fazer o download). No final de uma música, o cara fala "19 de dezembro de 72". Acontece que ontem era 19 de dezembro de 2006. Achei isso esquisito. E o disco é esquisitaço. Só pra registrar a sincronia... Parece coisa de tomador de ácido... :)

Renato Menezes said...

Sem mais ofensas.
Fui estúpido, burro, imbecil até de não perceber que se uma coisa faz sucesso é porquê sua qualidade é inquestionável, e se um artista é incompreendido, provavelmente seu trabalho é um lixo. Estão aí Jards Macalé, Luiz Melodia e Jorge Mautner, entre tantos outros nomes que demoraram anos para serem reconhecidos (assim como Walter Franco).
Eu sou um estúpido mesmo valorizando toda essa cultura ruim. Que bom que tivemos essa conversa esclarecedora.

Vai ver se eu tô lá na esquina vai.

Anonymous said...

hola, mi nombre es christian, vivo en argentina te quiero decir que el disco de walter franco me a parecido increible, feliz año nuevo hermano

Anonymous said...

Anônio

Seu babaca e imbecil. Se o que é bom vende, entao vc deve achar o máximo bandas como Calypso, O Tchan.. e outras merdas como essas que vendem tanto quanto.
Infelizmente o gosto musical da maioria da população é devido ao desconhecimento da música, de sua história, e vive apenas com o que é tocado nas 10 melhores das rádios...
Sem mais nada a dizer, apenas, vai se foder!!!!

Anonymous said...

Genio genio genio!!!!!!

Obrigado, irmão, obrigado, obrigadOOO

Um companheiro meu de república tinha este disco, e nunca me saiu da cabeça esta Obra Prima!

Que beleza, putz...!

O legal é que o cara da casas bahia se incomoda de vir dar pitaco e dar uma de marketeiro entendido... "Eu quero que esse afeto saia, eu quero que esse teto caia"

Hehehe!

Vida Longa!!!

Rudolf, el Bouez

zuil said...

Um disco, uma nave, um som, um limite, dois copos, "fique calado" e
ouça esse som.
DISCÃO MEU QUERIDO!!!!!

Anonymous said...

"Se tá xaxado não tá perdido!!!" SALVE WALTER FRANCO!!! Valeu, este blog é show!!!

said...

camarada, pus um link pra esse post no meu blog.
um abraço!

said...

camarada, pus um link pra esse post no meu blog.
to pra te linkar há um tempo.
um abraço!

Anti e o mundo do Eu-mesmo said...

Viva a Arte!!

E parabéns pelo blog!

Alex B said...

Uma primeira audição de Walter franco causa estupor, pasmo e incômodo, como todas as grandes obras de arte causam. Assim, apenas registro aqui essas ações que a maravilha que "ou não" é causou em mim ( em todos nós, é claro)Quem sabe um dia compreendamos essa obra na sua mais funda essência...

Xícara said...

Cara, o arquivo sumiu do servidor!

Daniel Poeira said...

O que que tem nessa cabeça, hein, Anônimo?

Anonymous said...

o link morreu!
dá para postar outra vez?

Raphael said...

Primeiramente,venho saudar este incrível blog de primeira,com tantoa àlbuns importantíssimos;me sinto uma criança na loja de doçes..tenho só 25 anos e sei bem o quanto esses discos são obras-primas da mpb em geral.Quanto a este àlbum não estou conseguindo baixá-lo.Será que poderia postá-lo de novo,eu só tenho um compacto deste disco..Desde já obrigado!!

fperacoli said...

bom, o link nao estava mais disponivel, mas foi corrigido

Daniel said...

Rapaz, esse anônimo que esta falando mal deste disco não entende nada sobre o que é ARTE. Agua e Sal é para mim uma das melhores musicas que ja escutei. Cara acho que voce esta no Blog errado, vai lá para o do fa clube do Calipso que vende como água. Aproveite e jogue um pouco de sal nos seus ouvidos para que eles não acabem de apodrecer...

Sabrina Costa said...

Tenho algumas canções
perdidas do Walter do albúm Revolver como " Feito Gente"
valeu cara, por postar,
brigadão (:

Pirata said...

Realmente,o tal do anonymus das casas bahia deve ser bem entendido do assunto(musica), e certamente deve ter um gosto musical implacavel!!!! sertanojos,pancadao e por ai vai.Pelo menos isso e' que vende milhoes,e confirmado pelo anony...isso e' que e' bom!!!!

AMEBA!!!!!

Kid A said...

Walter "maconha" Franco...Muito Bom!

Vitório Olivares Vicente, jornalista independente said...

Descobri Walter Franco ontem. Ouço música há um bocado de tempo, e esse realmente foi um grande achado.

Quanto ao comentário do Anonymous, creio ser ele bastante pertinente, pois traz o porquê de nós, brasileiros, não conhecermos Walter Franco. Sequer o merecemos. Enquanto isso, glorificamos o lixo.

Em tempo, pobre Anonymous: volta pro Mobral. E se não existir mais isso, volta no tempo e procura o Mobral. E fica por lá.